Sagrada família, minha tia e o pedido de Zuenir

No final de 2001, minha tia Arminda pediu que entregasse a Zuenir Ventura os originais de uma história sobre nossa família que ela tinha escrito. Os dois se conheceram durante a adolescência em Nova Friburgo, vieram para o Rio nos anos 50, mas não se encontravam há anos. E ela ficou feliz ao saber que eu trabalhava em um site (no., já extinto) onde Zuenir era colunista.

Pois o que ela não imaginava era que aquele punhado de memórias ia servir de inspiração para um artigo dele. Na primeira coluna do ano seguinte, Zuenir contou que precisava entregar um novo livro ao seu editor e que o estímulo tinha vindo com o presente de minha tia.

“A memória de Arminda é seletiva (e qual não é?), suas recordações são ternas e doces, como no livro de Álvaro Moreyra, ‘As amargas não’. Eu não teria competência para fazer o mesmo, até porque sou repórter, essa praga que gosta de fuçar e encontrar o que nem sempre é para ser encontrado. Por isso, o tema para mim é muito delicado – família é coisa complicada; de perto, alguma é normal?”, perguntava.

Passaram-se dez anos até que “Sagrada Família” fosse, enfim, publicado. Para mim, não há como folhear cada página sem lembrar de minha querida tia. Ela, que se foi há alguns anos, iria se divertir com as histórias de Manuéu, Nonoca e Douglas. Muitas delas – Zuenir garante – não passam de ficção. Mas não é o que minha mãe e minha outra tia, Zilmar, (irmãs de Arminda) dizem. A diversão atual das duas, que foram criadas na mesma cidade, é tentar desvendar a identidade real de cada um dos personagens. Achei engraçado e comentei com Zuenir, que por email me pediu: “Diz pra elas não contarem pra ninguém os verdadeiros nomes…”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s