Ser mulher (e mãe) em Nova York

Babá em Nova York – como no Brasil – é artigo de luxo e custa caro, bem caro. A diferença é que aqui os serviços são cobrados por hora: entre US$ 12 e US$ 20  (algo como R$ 3.000/mês por 6 horas por dia). Se forem dois ou três, acredite, o preço aumenta proporcionalmente.

Na falta de ajuda, digamos ‘especializada’, muitas mulheres resolvem parar de trabalhar ou buscam empregos de meio expediente, enquanto outras conciliam o horário de trabalho com o período em que os filhos estão na escola. Cenas de mães empurrando carrinho ou carregando as crianças para todos os lados são muito comuns e fazem parte da cultura americana. Até mesmo entre as celebridades, que na falta de uma “babá de branco”, metem a mão na massa.

Naomi Watts: dessa vez o cachorro ficou em casa

Anúncios