Linsanity

Filho de pais nascidos no Taiwan e criado na Califórnia, Jeremy Lin é o novo ídolo do basquete. Aos 23 anos e com 1,91 metro de altura, ele saiu do banco de reservas do New York Knicks no início do mês passado e virou um fenômeno. A blusa dele já é a mais vendida da NBA e seus produtos fizeram com que uma das principais lojas de esportes dos Estados Unidos aumentasse suas vendas em 4.000%.

Lin Linsanity

Apelidada de “Linsanity” (em inglês, algo como “Linsanidade”, Lin + Insanidade), a febre tomou conta de Nova York, onde o jogador e seu irmão, estudante de Odontologia, moram. Ex-aluno da Universidade de Harvard, Lin mostrou que não dorme em serviço quando entrou com um pedido de exclusividade pelo termo que leva o seu sobrenome e que já está estampado em camisetas e outros materiais promocionais.

O americano de olhos puxados tem trabalhado e viajado com nunca. Na semana passada estava aqui em Nova York – onde pude conferir a performance do rapaz – depois foi à Dallas, no Texas (jogou contra o Mavericks), à San Antonio (com o Spurs) e na hoje é a vez de Milwaukee, onde enfrenta o time da casa, os Bucks. No domingo (11) o astro da vez e os Knicks voltam ao Madison Square Garden para enfrentar o Philadelphia 76ers. A temporada segue nesse ritmo acelerado até o fim de abril com os torcedores apostando ainda em muitos pontos de Lin.

IMG 2965 1024x764 Linsanity

Linsanity Linsanity

IMG 2990 764x1024 Linsanity

Jeremy Lin: fênomeno no basquete e em vendas

Anúncios